Veja 5 dicas de gestão para ter êxito com o primeiro negócio

Vinicius Almeida, fundador da Evolute Profissionalizantes e Idiomas, lista os pontos mais importantes para a longevidade de novas empresas

A crise econômica dos últimos anos e o alto índice de desemprego ocasionou no crescente número de empreendedores por necessidade no Brasil. Muitos brasileiros viram no negócio próprio a saída para voltar ao mercado de trabalho. Porém, essa urgência de abrir uma empresa, mesmo que muitas vezes de pequeno porte, pode trazer inúmeros problemas se não geridas de forma apropriada. Os primeiros passos à frente de um negócio merecem atenção redobrada. Erros a essa altura podem ser fatais.

Desde a década de 80 a longevidade das empresas caiu pela espantosamente. De acordo com pesquisa da consultoria McKinsey, no ano de 1955, a expectativa de vida de uma instituição era de 60 anos. Em 1980, caiu pela metade, 30 anos. Agora, não passa de 15 anos.

Para auxiliar o empreendedor neste início de jornada e colaborar com a longevidade das empresas, o fundador e CEO da rede de franquias Evolute Profissionalizantes e Idiomas, Vinicius Almeida, reuniu algumas dicas importantes de gestão que o iniciante deve se atentar. Almeida comanda atualmente mais de 100 escolas espalhadas em 20 estados e no Distrito Federal, e antes de obter sucesso no segmento educacional, cometeu muitos erros de gestão.

VALIDE SEU PRODUTO, SERVIÇO E PROPOSTA

Tenha certeza que o seu produto e/ou serviço é funcional. Faça testes de qualidade e seja rigoroso com o que vai oferecer ao público. É fundamental também compartilhar o seu propósito com outras pessoas e pedir opiniões. Essa ação pode ajudar a economizar tempo e dinheiro, além de trazer novas visões para o seu negócio.  

PLANEJAMENTO

A falta de planejamento está estre os maiores fatores de mortalidade das empresas. O plano de negócio é uma importante ferramenta de gestão e nele vai conter os objetivos, estratégias de comunicação, passos as serem dados, entre outros pontos essenciais para fazer a empresa funcionar. Essa organização vai ajudar a diminuir os riscos e as incertezas que aparecerão com o tempo.  

NEGOCIAÇÃO

A negociação é um pilar importante da empresa. Através do simples fato de negociar muito dinheiro pode ser poupado.  O primeiro passo é começar a conversar com fornecedores antigos e rever valores e formas de pagamentos. Aos novos, é necessário ter cautela antes do fechamento de compras e serviços. Pesquise bastante, mostre-se informado e sempre cote em mais de duas empresas.   

FORMALIDADE

É essencial formalizar o negócio para que a empresa caminhei com mais garantias. Muitos iniciantes acreditam que o fato de ser informal e não pagar impostos colabora para um crescimento mais rápido, mas se enganam. Benefícios gerados pelo CNPJ podem fazer a diferença na trajetória de uma empresa. Possuir uma conta bancária pessoa jurídica, fazer empréstimos públicos e emitir nota fiscal, são algumas vantagens que os informais dificilmente vão possuir.      

SEPARAR DESPESAS

Nunca misture as despesas pessoais e empresariais. No início pode parecer difícil fazer a divisão, mas é imprescindível que as contas estejam sempre separadas. O ideal é fixar um valor mensal para ser retirado do negócio, os demais ganhos devem ser investidos na empresa. Misturar os bolsos pode acabar com os sonhos de muitos empreendedores.