Curso Profissionalizante É Diferencial Para Conseguir Primeiro Emprego

Conquistar o primeiro emprego não é uma tarefa fácil. As vagas de trabalho estão cada vez mais concorridas e as dificuldades são maiores para quem ainda não tem experiência. Segundo dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia), no primeiro trimestre de 2018 o Brasil totalizou 13,7 milhõees de pessoas desempregadas. O alto nível de pessoas procurando trabalho sem sucesso, torna mais difícil a jornada do jovem pela sonhada ocupação profissional. É neste momento que o curso profissionalizante faz a diferença.

 Além de preparar os estudantes para o mercado de trabalho, agregando qualificação e ensinando um novo ofício, os cursos profissionalizantes ajudam os jovens a se destacarem dos demais candidatos em uma futura entrevista de emprego. São formações rápidas, com duração média de 6 meses a 2 anos, que atendem a diferentes objetivos profissionais. O custo do investimento também costuma agradar, já que normalmente são inferiores aos cursos de graduação.

De acordo com pesquisa divulgada em novembro de 2016 pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), 72% dos jovens brasileiros já veem a educação profissionalizante como forma de acesso ao primeiro emprego. Foram entrevistados mais de 2 mil pessoas, com idade entre 13 e 18 anos, que acreditam ser vital este ensino para entrar no mercado de trabalho. 

Não é necessário ter ensino médio completo para ingressar na maioria dos cursos. Outro fator interessante é o formato de ensino, que geralmente é bem dinâmico. As escolas costumam utilizar recursos técnicos para entreter mais os estudantes e conquistar uma maior absorção dos conteúdos. Os horários também são um diferencial. As grades de aulas tendem a ser flexíveis, permitindo a conciliação com outras atividades do dia a dia.

CURSOS 

O Brasil possui um extenso mercado educacional, com diversas opções de ensino. Fica a critério do aluno selecionar o que mais atende o seu objetivo profissional. Cursos que possuem aulas com abrangências mais genéricas, como Técnicas Administrativas, costumam ter maior procura. Com esta docência, que auxilia no dia a dia das empresas, os profissionais podem atuar em indústrias, comércios e escritórios de diversos segmentos. 

Outra opção muito buscada nesta metodologia de educação são os cursos voltados para a área comercial. O setor de vendas é um dos que mais emprega no Brasil, em razão disso, costuma atrair jovens que buscam a primeira oportunidade de trabalho e pessoas que almejam uma recolocação profissional. Para esse público é indicado o curso de Gestão de Vendas. Além de oferece módulos que ensinam aplicações e práticas dessa esfera, os estudantes aprendem sobre estratégias de marketing e mercado.

Aos que buscam por ocupações menos populares, mas que oferecem oportunidades de trabalho, podem optar por cursos como: Assistente de Logística, Web Designer, Programador Mobile ou até Projetista Digital. Um dos destaques da atualidade são as aulas voltadas para as mídias sociais, tal como o de Produção de Vídeo para Youtube. Nesta opção, os estudantes aprendem o que é necessário para elaborar um vídeo de qualidade para a internet. Edições, estratégias de marketing, apresentação visual e até técnicas para conquistar seguidores são conteúdos de aula.         

DICAS 

Um ponto valioso na busca pela primeira oportunidade de trabalho é a elaboração do currículo. Não é tarefa fácil produzir o documento que vai te apresentar ao mercado profissional, ainda mais quando não se tem experiência. Porém, sempre existem informações importantes a serem destacadas. O campo objetivo é um deles. É fundamental ser direto ao descrever a área, cargo ou função pretendida na empresa. Esse espaço é fundamental para que o recrutador faça a triagem na hora da seleção.

Como a área profissional não será o ponto forte do currículo, o candidato deve destacar outros diferenciais para chamar atenção. Atividades extras, matérias de destaque e responsabilidades no colégio, serviços voluntários e conquistas de prêmios, são excelentes pontos a serem ressaltados. Participação em eventos, palestras e workshop trarão notoriedade a apresentação, assim como o domínio de outros idiomas. Dados como estes dão mais relevância ao perfil do candidato e podem ajudar na seleção de uma entrevista. O currículo deve começar com as informações pessoais: nome, nacionalidade, estado civil, idade, endereço e diferentes meios de contato. É imprescindível que o candidato seja objetivo nas descrições e nunca inclua inverdades. 

Investir no autoconhecimento também é uma tarefa importante para localizar a primeira vaga de trabalho. Entender os objetivos de vida, princípios e vocações, ajudarão o jovem a encontrar um ofício mais adequado ao seu perfil.