Já pensou em ser um desenvolvedor de jogos?

Profissão está ganhando espaço no Brasil e oferece oportunidades no mercado de trabalho

O Brasil é o quarto maior consumidor de games do mundo, de acordo com dados divulgados pela consultoria NewZoo. A crescente do segmento no cenário brasileiro vem gerando interesse de empresários e levando a um aumento na promoção e distribuição de jogos no território nacional.

Com gastos de US$ 644 milhões, o País já figura em 13º no ranking de faturamento e ganha mais adeptos a cada dia. Segundo expectativa divulgada em 2016 pela consultoria PwC, o campo deve ter um crescimento anual médio de 17% e atingirá US$ 1,4 bilhão em 2021.

Instituições de ensino, como a Evolute Profissionalizantes e Idiomas, oferecem cursos com valores acessíveis para quem deseja entrar neste mercado. O profissional do setor será responsável por desenvolver lógicas para games digitais que serão implantados em computadores e dispositivos móveis.  

Atualmente, o Brasil é líder no comércio de jogos digitais na América Latina e possui mais de 3,4 milhões de usuários. O crescimento dessa esfera no País se deu em maior intensidade a partir dos anos 2000, antes disso as iniciativas ainda eram muito isoladas.

Nos últimos anos, trabalhar com o segmento ficou mais fácil e abriu o mercado para pequenos desenvolvedores lançarem os próprios jogos. O negócio é relativamente novo para os brasileiros, mas já demonstra potencial de investimento e promete brigar em breve pelos primeiros lugares do ranking.

Se você se identifica com a área e tem o desejo de atuar profissionalmente com games, esse é o momento de investir em um curso de Desenvolvedor de Jogos.